Aprenda as principais gírias de São Paulo

Todo lugar do Brasil tem suas raízes e cada detalhe se transforma em uma marca registrada de quem é daquela região. “Mas como eu descubro isso em São Paulo?”. É bem simples, tem pessoas que já conhecem essa cultura da “linguagem” de SP, mas temos certeza que algumas você vai se surpreender. Veja algumas dicas para entrar no clima paulistano:

1) O paulistano usa a palavra “meu” para começar ou terminar 80% das frases.

2) “Você vai no Ibira?” é uma forma carinhosa de se referir ao Parque Ibirapuera.

3) Aquelas horas que você não está nada bem e pede ajuda a Deus: “Meu Deus do céu, me ajuda, por favor!”. Em São Paulo, o todo poderoso é aquele “mano”, só que do céu. E com todo respeito, por favor.

4) Se ouvir alguém falando em “pisante”, fique calmo! É um apelido para tênis, calçado, chuteira.

5) Quando você achar que já viu muita coisa esquisita desta lista, troque o “Muita” por “Mó”.

6) Em São Paulo, você pode ir para uma reunião muito importante naquela “Firma”. Claro, falar “Empresa” é muito formal.

7) Para conseguir aquilo que você queria, você não vai falar que vai “conseguir tal coisa”. Diga que vai “Descolar” o que a pessoa precisa. Seja descolado.

8) Essa todo mundo já sabe. Inclusive, sabemos que é a verdade (ou não). “Não é biscoito, é bolacha!”.

Agora você já está “Mó ligado” nas principais gírias da querida São Paulo!

RECEBA NOVIDADES E OFERTAS EXCLUSIVAS POR EMAIL!
Cadastre-se agora para receber ofertas exclusivas e
novidades do Hilton São Paulo Morumbi.
Não enviaremos SPAM. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.
Recent Posts